Mães de crianças com necessidades especiais

O nascimento de uma criança com deficiência traz um nova realidade para a família. A extensão e a profundidade do impacto deste nascimento são indeterminadas, depende da dinâmica interna de cada família e do significado que este evento terá para cada um. No entanto, a família acaba procurando meios de se adequar à nova realidade.

Todos vivenciam o choque e o medo com relação ao evento ou ao reconhecimento da deficiência, bem como a dor e a ansiedade de se imaginar quais serão as implicações futuras. Todos experienciam a perda que gera desapontamento, frustração, raiva, à medida que desaparecem a liberdade e o tempo para o lazer.

Os profissionais envolvidos com as famílias de pessoas portadoras de deficiência, é de suma importância que tenham o maior conhecimento possível das dinâmicas pelas quais passam estas famílias para se instrumentalizarem emocional e racionalmente.

As reações das famílias, num primeiro momento pode ser de choque, tristeza, revolta, resignação, culpa, bem como busca de ajuda para o filho. O fato de grande parte das mães buscam a causa do problema com base em argumentos não científicos pois a maioria das pessoas possue dificuldade em compreender os mecanismos causadores da deficiência. Assim, as crendices populares, ou dogmas religiosos que passam de geração à geração tornam-se mais compreensíveis e confortadoras para elas.

É necessário que profissionais da saúde e da educação, compreendendo as dificuldades das dinâmicas familiares, estejam preparados para atuar junto a essas famílias, fazendo com que seja possível, numa compreensão mais aprofundada, consigam auxiliar as famílias e os pacientes em suas necessidades.

Sabendo que um aspecto essencial para a evolução da criança é a conduta dos pais como detentora de benefícios e prejuízos no processo de desenvolvimento, em relação às expectativas ao futuro dos filhos as famílias demonstraram-se preocupadas com o desenvolvimento geral desse e com a perspectiva de cura, assim, um suporte técnico integral a estas famílias numa parceria entre a sociedade civil organizada e a prefeitura, poderemos tornar a vida destas famílias menos dolorosa, muito mais envolvidas nos benefícios que o estímulo correto pode gerar.

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas